Só No Blog Mesmo

0

É Nós, do RN!

 Vingt-Un Rosado Agrônomo/historiador, escritor, pesquisador e editor mossoroense. (Este trabalho faz parte do II Salão Dorian Gray).

Jornalista Lauro da Escóssia, que na época(1927) entrevistou o moribundo cangaceiro Jararaca (Este trabalho faz parte do II Salão Dorian Gray).

Nós, do RN, revista produzida pela Setor de Comunicação Social do Estado em parceria com a Fundação José Augusto, a qual tem a professora Isaura Amélia como chauffeur, nesta edição trás como título O Estado da Arte, onde se permite e a nós, um mergulho no efervescente e caudaloso mundo da arte potiguar, enveredando pelas mais tradicionais e contemporâneas expressões artísticas do povo potiguaras, um banho de arte e cultura ou como se diz lá no sertão de Angicos e na esquina da Cunha da Mota com a Frei Miguelinho, estendendo-se até à Travessa O Mossoroense: tá arretada!

Se fosse a mim, dado o poder – claro, que é delírio, as conexões neurais de minha limitada cacholinha são monofásicas, e, portanto, incapazes de tamanha missão -, de dar uma nota, sem sombra de dúvidas, seria 10, na mesma entonação daquele locutor que profere as notas da comissão julgadora das escolas de sambas do Rio de janeiro, tamanha é sua qualidade gráfica, estética, conteúdo e de sua indiscutível contribuição para o fomento de nossa cultura.

A Nós, do RN, – tirando um metido, no caso euzinho -, dispõe em suas páginas a nata da arte e cultura de nosso estado, e assim sendo, deveria ser reproduzido seu conteúdo todos os dias em jornais, rádios, blogs, redes sociais e, em todo e qualquer veículo de comunicação, inclusive naqueles telefones que a gente fazia de lata de leite ninho, para que mais pessoas pudessem ver o quanto se produz, o quanto se faz arte e se pinta o sete por estas terras. Digo também desta exposição do II Salão Dorian Gary, comemorando os 90 anos da resistência de Mossoró ao bando de Lampião, com 300 trabalhos dos mais variados tipos: Desenhos, Fotografia, Arte Digital, Realismo, Natureza Morta, Fauvismo, Grafismo, Expressionismo, Impressionismo, Surrealismo Cubismo, Assemblagem, Colagem e Abstracionismo. Esta riqueza, por certo também merecia se submeter ao mesmo tratamento de mídia. Calminha aí. Não estou dizendo que não teve e não há mídia: Poderia e pode ter mais e, gratuita.

Ah! Mas “peraí”. Há um entrave: da revista não se pode reproduzir um número de uma página sem uma autorização prévia dos autores e do Departamento Estadual de Imprensa. Ora, não temos muito ou quase nenhum espaço dedicado às manifestações artísticas nos blogs, sites, portais, jornais, rádios e tvs e, ao proibir se inibi a própria divulgação espontânea. Entretanto se fosse incentivada sua reprodução, decerto a revista teria ampliado seu raio de alcance. Acredito até que pudesse gerar expectativa aos próximos números.

Certamente, este “problemeco inexistente” não tira seu brilho, seu vigor. Parabéns, a todos que puseram a mão na massa. Avante!

0

No Fundo dos outros

Políticos não tomam jeito mesmo, ao menor descuido já vão passando a mão no Fundo alheio. Mesmo que fiquemos em guarda, atentos, eles, de uma maneira ou de outra acabam encontrando uma bela desculpa, plausível, para irem sorrateiramente ao Fundo dos outros.

Agora, depois do exemplo da Rosa e do Mister Robinson, quem se apresenta mirando o Fundo dos servidores é nada mais nada menos que prefeito de Natal, Carlos Eduardo(PDT). Que na campanha jurava de pés juntinhos que o pior já teria passado.

Na próxima segunda(13), o “Carlito” irá protocolar na Câmara Municipal um projeto de lei que solicita autorização dos nobres edis para retirar, sob a forma de empréstimo, R$ 190 milhões do Fundo de Previdência do Município. Com promessa de ser pago em 15 anos, o alcaide, põe outro Fundo na reta, desta feita a vítima é o FPM – Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que será o garantidor. Tirar dinheiro do Fundo dos outros é refresco.

Bufão

Em todo reino que se preze há de ter um bom e proativo bufão. No reino tupiniquim não seria diferente, aliás, para fugir à regra, aqui é diferente sim: o bufão é o mesmo que se julga rei.

O “sois rei”, depois de entregar esfregão e fogão às “bela, recatada e do lar”, volta atrás diz que não vai permitir preconceito contra a mulherada. Bota bobo nisso!

Viúvas

As viúvas do Cunha, começam a “empulhar o processo” e chamar a atenção do submundo do Congresso Nacional, além dos espelhos d’águas. As trocas de afagos com porrete de Pau-ferro entre os deputados e senadores do PMDB estão sendo ouvindo, sob o lençol, lá no Jaburu.

O arranca-rabo no partido PMDB, entre suas facções, tem como causa, o de sempre: a divisão da pilhagem.

Os “mininus” se engalfinham pela divisão do Fundo Partidário, pois certos estão, que o poço parou de jorrar. Os senadores dizem que os deputados da tropa de choque do Cunhão, já estão bem posicionado no Governo do “micha”, e portanto, tem mais visibilidade. Por outro lado as viuvetas, temem perder seus quinhões. A direção nacional do partido está sob a guarda do senador Romero Jucá e a tesouraria ao cuidados do “índio, isto é, do presidente do Senado, Eunício Oliveira.

Frase

“Foi uma missão de êxito”, governador Robinson Faria sobre viagem à China

0

Cara feia

Os magistrados da taba, andam de cara feia por causa da decisão concedida pelo Supremo ao Executivo Estadual, autorizando deduzir as diferenças nos repasses dos duodécimos.

O STF, criticou o acúmulo de verbas pelo Tribunal de Justiça do Estado. De sobras orçamentárias o Tribunal possui R$ 270 milhões em caixa. Com as burras esborrotando, os desembargadores potiguares não pretendem entregar o “ouro” tão fácil, estão se pintando para guerra.

Nesta pendenga, o Robinson pode ter ganho a batalha, mas não a guerra.

Tornozeleira

Coisas do Brasil. Um apenado que usava uma tornozeleira eletrônica,  na cidade de Itajá/ RN, para dar uma “melada” na vigilância, retirou o trambolho do calcanhar e pôs em das patas de um jumento. Assim, ele poderia sair para “trabalhar”, enquanto a Justiça monitorava um burro.

Cunhão

Apesar de estar vendo o sol nascer quadrado, o ex-deputado Eduardo Cunha continua firme e forte. Em jantar, o senador Renan Calheiros(PMDB/AL) reclama da influência do preso Eduardo nas nomeações feitas pelo presidente temer, insinua que o Cunhão estaria chantageando o “anão”: “Essa gente vai avançar sobre o partido”.

Lista

“Se for me preocupar, não faço mais nada”, diz temer sobre lista de Janot.

0

Câmara aumenta cargos de confiança para deputados

 

Promessa é dívida, e dívida de campanha político não paga, certo? Errado! Paga sim! Pelo menos entre eles.

Enquanto “Coxinhas e Petralhas” mostram os dentes e garras, uns contra os outros nas redes sociais, na calada, sem fazer barulho e muito “manso”, o Presidente da Câmara, o deputado Rodrigo Maia(DEM/RJ), fará mudanças na estrutura administrativa da Casa, para pagar sua dívida de campanha à Presidência.

O Maia, vai criar entre 200 e 300 novos cargos de assessores para aos deputados e ampliar as vagas destinadas às lideranças partidárias.

Previdência

Quando, a então governadora Rosalba Ciarlini, usou o maçarico para abrir o cofre da Previdência do servidor estadual, em seu último mês de governo, deu o mote para o próximo governador.

Sem se fazer de rogado, o Robinson Faria foi ao Fundo dos servidores com uma sede de anteontem. Agora, sem constrangimento nenhum, “convida” o funcionalismo público a pagar uma conta, aumentando os descontos da previdência de 11% para 14%. Isso pode Arnaldo?

Carnaval

Aqui, abaixo do equador, onde Judas perdeu as botinas, este país abençoado por Jeová e bonito por natureza, se permite a ter um sentimento de nação apenas em Copa do Mundo e no reinado de Momo. Nestes períodos o povo se abraça, se beija e só não vai atrás do trio elétrico quem já morreu. Mas, após o carnaval vem a realidade: servidores com salários atrasados, hospitais paralisados outros fechados…

Impostos

Lenta e gradativa, parte da classe política, má intencionada, aumenta a dose analgésica na população, que deita-se e rumina, para aplaudir as peripécias do governo golpista do Temer.
O michel avisa que para fechar meta, o governo reavalia elevar impostos.

Frase:

“há uma diferença entre quem recebeu recursos de caixa dois” e quem “obteve recursos para enriquecimento pessoal, crime puro e simples de corrupção”. Fernando Henrique Cardoso.

 

 

0

Henrique Alves diz não saber quem depositou US$ 833 mil em sua conta na Suíça

Quem lembra de João Alves? Não lembra? Deveria! Este senhor, na época, deputado federal do dito “baixo clero”, isto é, fazia parte da manada que segue ordens dos caciques partidários, ainda assim, nos anos de 1993 chefiava uma quadrilha, na Câmara dos Deputados, conhecida como “Máfia do Orçamento” ou “Anões do Orçamento”.

Quando, questionado, em depoimento na Comissão de Parlamentar de Inquérito (CPI), o ex-deputado João Alves (†/14/11/04) sobre a dinheirama em sua conta, dedicou à sua monumental sorte, afirmou ter ganhado 221 vezes na loteria esportiva.

Sem fazer paralelo ou comparações – mas, se quiser fazer pode – , com a explicação emitida pelo ex-Ministro do Turismo, ex-Presidente da Câmara, ex-deputado federal, e agora “sortudo”, Henrique Eduardo Alves(PMDB/RN)), que resmungou ao juiz não saber quem foi a “boa alma”, a depositar US$ 832.975,98, em sua conta na Suíça.

Câmara de Mossoró gastou mais de R$ 8 milhões com aluguel de prédio

No momento de crise financeira que vive o país, e consequentemente, todos nós e quase todo os municípios, economizar não é um privilégio, mas sim uma obrigação.E assim, também parece pensar a presidente da Câmara Municipal de Mossoró, a vereadora Izabel Montenegro(PMDB/RN). Pois, saiu da mesa de negociação dos locadores do imóvel da “Casa do Povo”, por não concordar em pagar reforma do prédio, de R$ 72,000,00 e um aluguel mensal de R$ 28.000,00.

Izabel, disse em redes sociais, que está procurando um novo prédio para abrigar os edis da Capital do Oeste. Uma sede nova também não é uma ideia de se abandonar.

Odebrecht delata campanhas estaduais

Benedito Júnior, ex-presidente de Infraestrutura da Odebrecht, disse em depoimento ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que no acordo de delação premiada, teria repassado para o senador José Agripino Maia(DEM/RN), R$ 1 milhão na campanha de 2014, a pedido de Aécio Neves(PSDB/MG).

Sabemos todos, que em 2014, o nosso Jajá(DEM) não era candidato nem a síndico de rinha de galo. No mesmo pacote, também teria sido beneficiado o deputado federal, Felipe Maia(DEM/RN). Portanto, o senador e o deputado, seu filho, devem explicações tanto à justiça quanto aos seus bicudos eleitores.

Ainda, segundo o BJ, a forma de dar uma “melada” engenhosamente na lei, era repassar propina através de doação legal.

 

Frase:

“Estão tentando um esvaziamento lento e gradual da operação, mas a Lava Jato tem força própria”,  procurador Carlos Fernando dos Santos Lima.

 

 

 

0

É dos carecas…

Com folga, mais fácil que empurrar bêbado em ladeira, o Alexandre “Kojak” de Moraes, foi avaliado, registrado, carimbado, rotulado e aprovado pelo plenário do Senado a Ministro do Supremo, com todas as bênçãos do PMDB, PSDB e casta rasteira.

Acusado de fazer caras e bocas para vagalumes, confundindo a bunda luminosa do inseto com os flash das câmeras digitais dos retratistas, o novo Ministro, antes de usar a capa da Justiça, vai lustrar o “teto” para brilhar na avenida ao som da reconhecida marchinha carnavalesca: “É dos carecas que eles(PMDB/PSDB) gostam mais…”!

Hits

Os grandes hits da folia momesca serão, sem sombras de dúvidas, as velhas e boas marchinhas, como: “Hei, você aí, me dá um dinheiro aí”, isto para os funcionários públicos e a não menos conhecida, “Mamãe eu quero mamar”, esta, claro, para os políticos que já estão com bloco na rua, em campanha para 2018.

Nudes

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça 21, projeto que torna crime a vingança virtual, isto é: divulgação e exposição pública da intimidade sexual, conhecida nudes.

Carnaval

Como sou um folião anêmico e as “musas” de plásticos não me dizem nada (sou mais meu baralho com cartas de Cicciolina) me recolho a alguns livros, especialmente escolhidos por Socorro, e a meu novo xodó: Netiflix. Então, para vocês vão balançar a rabichola atrás do trio elétrico, bom proveito.

Frase: “É melhor ser ateu do que católico hipócrita”, Papa Francisco.

0

Suruba portuguesa

 

Ainda sobre a questão do foro privilegiado. O senador Romero Jucá (PMDB-RR), foi fazer um giro e fez um jirau. “Caju” pediu desculpas por ter usada a “suruba” errada, a “suruba” qual ele se referia era uma música dos Mamonas Assassinas, aquela que diz: “Roda-roda vira, solta a roda e vem; Neste raio de suruba, já me passaram a mão na bunda; E ainda não comi ninguém”. Vá entender político!!!

Luz

O senador José Agripino(DEM-RN), Presidente Nacional do Democratas, depois de uma longa e profunda hibernação, talvez “gripado”, veio sob a luz do “candeeiro”, bradou: “O maior conto do vigário da gestão pública brasileira. Vai ser lembrado por muitos anos como a marca registrada do governo Dilma”.

Impeachment

Alguns inocentes ou mesmo aqueles que querem pegar “morcego” , fazendo uma fila indiana, de menos de meio metro, para usar o bodoque contra o prefeito de Natal, Carlos Eduardo(PDT), quase sempre dão com os burricos n’água. Caso do vereador Sandro Pimentel(Psol), que pediu o impeachment do prefeito e, claro, foi rejeitado por maioria ampla. O impeachment gorou!

Simples: Carlos detém maioria na Câmara Municipal de Natal. Agora, é afinar os clarins e balançar o esqueleto no Carnaval Multicultural.

0

Suruba Seletiva

O senador Romero Jucá(PMDB-RR), o famoso “Caju” da esquecida lista da Construtora Odebrecht, aquele mesmo, o conselheiro que versava sobre tirar Dilma e botar no seu lugar o anão temer para estancar a sangria, agora, líder do Governo temer, ataca e de forma contundente mostra sua sanha ao corporativismo e ao livramento dos “meninos” cavilosos.

Expondo, dentes, garras, e de olhos esbugalhados totalmente contrariado, em caso do Supremo, restringir o foro de políticos apenas para os crimes cometidos durante o exercício do mandato eletivo, vociferou: “Se acabar o foro, é para todo mundo. Suruba é suruba. Aí é todo mundo na suruba, não uma suruba selecionada”. Seletiva? Quê raios de suruba é esta? Suruba é suruba, ora!

 

Hospital em Natal

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo(PDT), do Natal em Natal, Carnaval em Natal, não está fazendo os repasses devidos para o Hospital Infantil Varela Santiago.

“Os repasses vinham sendo pagos regularmente, o ministério da Saúde repassa todo mês para o hospital desde de 2012. De outubro para cá o secretário municipal paga uma coisa e tira outra. Para você ter uma ideia já acumulou lá na SMS um crédito de R$ 2.686.561,84 e só foi repassado R$ 841.427,41 neste mês”, Dr. Paulo Xavier, diretor do hospital.

Fala-se, à boca de sapo, o quê permeia a cabeça do prefeito é o horizonte de 2018, todo o resto é questiúncula, micro, nano. Hospital em Natal não tem verba!

 

Alexandre

Sabatinado na semana passada, em uma concorrida sessão “extraordinária”, em um iate ancorado, as margens do Lago Paranoá, o indicado de temer, para Ministro do Supremo, Alexandre Moraes, cumpriu, ontem(22), o rito de “passagem na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado. Falta-lhe apenas o plenário do Senado consagrá-lo.

Bem qualificada, a Comissão presidida pelo senador Edson Lobão(PMDB-MA), mais conhecido como “Sonlo” na lista da Odebrecht, tem outros nove senadores que citados na Lava Jato. Tudo em casa!

 

 

1

Respeito

 

Ora, meu senhor tenha senso! Disse uma senhora para um “cidadão de bem” que resmungava na fila do pão, do Nordestão.

– Cale-se velha coroca! Balbuciou baixinho o rapaz, mas com nítida intensão de ser ouvido, foi!

– Respeite à senhora seu viado – retrucou outro, lá pelo meio da fila.

– Me respeite, fresco é você, negro fedorento. Devolveu.

– Olhe quem pede respeito, um marginal, tatuado desse jeito. Penetrou na arenga uma mocinha que acompanhava uma cadeirante.

– Ora, respeite. Vá cuidar dessa aleijada. Berrou um ofendido.

– Mais respeito seus pecadores, vocês todos vão para o inferno!

– Respeito? Lá vem uma evangélica! Falou uma católica, debulhando um terço, rezando o Pai Nosso.

– Respeite a religião alheia. Sua flamenguista…

– Respeite, o gosto dela abcdista d’uma figa. Berrou um “caba” de camiseta do América. O alvinegro não se fez de rogado, “matou no peito e chutou com os dois pés”.

– Ô povo sem respeito. Só podem ser eleitores do PSDB! Murmurou uma mocinha cheia de balangandãs e uma boina vermelha sobre a cabeça com a figura do Che e uma camiseta preta com grafismo do Trump, já bem próxima ao açougue.

Sai de fininho, antes que descobrissem que carrego duas estrelas no lado esquerdo do peito.

Por favor! Não me perguntem o final desta pendenga. Mas, adianto: logo depois, daqui de casa, ouvi o som de sirene, não sei ao certo, se era de ambulância ou viatura policial. Ouvi tanto “respeito”, qualquer final é plausível.

Desarmamento

Enquanto isso, o ex-presidente do TJ/RN, o desembargador Cláudio Santos sugere a população ir às ruas exigir a revogação da Lei do Desarmamento.

Para obterem votos, muitos políticos de carreira ou os novos postulantes a cargos eletivos, utilizam estratégias de apelo coletivo fácil: entregar armas ao cidadão de bem, criando uma falsa sensação de segurança, ao invés de lápis e cadernos…

Analfabetismo

O Governo do golpista, michel temer, reduziu a verba para alfabetização de adultos.

 

0

Governo sem compostura

         É explicitamente e notoriamente sabido que o Governo temer é ilegal, imoral, pois é resultante de uma traição, de um “golpe branco”, portanto, pode fazer tudo ou quase tudo que lhe der na telha, pois tinha(tem) maioria na “Aldeia Central” e o apoio da “meninada canarinha” que foi à rua vomitar Fora Dilma, iludida numa mudança mágica da crise política e econômica.

       Agora, uma coisa é não ter postura, compostura, ser um governinho de meia pataca, puxado pelo nariz pela bancada do “centrão” e tendo a popa impulsionada a bicadas do PSDB, no Congresso Nacional, outra coisa é descaradamente, sem vergonha alguma, indicar para o Supremo seu, agora, ex-Ministro da Justiça, Alexandre Moraes -filiado ao PSDB-, onde será revisor do processo da Lava Jato, o qual consta os nomes dos Presidentes do Senado, Eunício Oliveira, citado na lista da Odebrecht sob o alcunha de “Índio”, da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, – também partícipe da lista, – vulgo “Botafogo” e o próprio golpista, o michel, Presidente da República.

       O temer atropela aquela manda que respondeu ao toque do berrante para ir às ruas. Traidor é traidor em qualquer circunstância.

       Vale salientar que este carga é vitalício. Lembro do tumulto gerado pela indicação de Dilma, de Lula para Ministro da Casa Civil. Uma penca de indignados foram à ruas.

       Será que passa pelo cocuruto de qualquer cristão, que seja capaz usar dois neurônios, se for ungido a Ministro do Supremo, o Alexandre dará voto condenado os caciques do PSDB e PMDB?

      Onde estarão os raivosos verdinhos???

0

Eunício Oliveira – “O Índio”

 

Índio

O Brasil não tem jeito. O senado acaba de dar foro privilegiado ao “Índio” da lista da Odebrecht. Isto é, elegeram Eunício Oliveira(PMDB do Ceará), para Presidente do Senado. Brasil sempre andando para trás!

Vergonha

Hoje, sem dúvidas, Adão choraria menos pela perda de Abel, quando visse o resultado de sua prole pervertida manifestada em nossa classe política ou em juízes como Gilmar Mendes, que pediu vista (mais tempo para analisar o processo) e interrompeu nesta quarta-feira (1º) o julgamento no Supremo Tribunal Federal sobre a possibilidade de réus ocuparem cargos na linha sucessória da Presidência da República.
Assim sendo, qualquer marginal, “índio” ou “preto e branco” não só pode figurar na linha, como também assumir a Presidência da República. Gilmar Mendes, é uma vergonha!

0

O Zoo do Moro

2016 em seus últimos suspiros, ecologistas e caçadores de corruptos da Lava Jato, ainda não acertaram a mão no alçapão para pegar, nem que seja, um filhote do penoso de penas pretas e bico colorido. Espera-se que 2017, algum representante da espécie corruptum Ramphastidae, junte-se a outros moradores da fauna política brasiliana, no zoo do Moro.
Enquanto isso, o golpista vomita uma das suas piadas de mau gosto. O cotoco temer, disse que pretende ser lembrando como o “Melhor Presidente do Brasil”. Vai querendo!!!

0

500 milhões não existem

claudio-santos

       Nos anos 60, o cantor e humorista Moacir Franco, fez muito sucesso no programa Praça da Alegria, com a personagem Mendigo, que se contrapondo ao visual maltrapilho, falava em riqueza: aviões, mansões, caviar, levando todos a rir da situação. Seria cômico se não fosse trágico a similaridade do Mendigo com o desembargador Presidente do TJ/RN, Claudio Santos.

         Segundo o Presidente da Associação dos Magistrados do Rio Grande do Norte (Amarn), Cleofas Coelho de Araujo Júnior é pouco provável que o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte disponha, em caixa, de R$ 500 milhões. Então por que o Presidente do TJ/RN mentiria aos potiguares? Isto seria apenas uma inflação do ego pessoal do desembargador superlativando suas pretensões políticas?

       De toda forma, Claudio Santos, começa na contramão: Suas sucessivas investidas em favor da privatização da UERN lhe rendeu um monte de desafetos, a Amarn quer brecar o possível repasse de R$ 100 milhões dos cofres do TJ, para isto, entrou no CNJ – Conselho Nacional de Justiça, com uma liminar. Estas duas medidas podem pôr uma pá de cal e deixar órfã sua ideia de trabalhar do Centro Administrativo, a partir de 2018.

     Talvez o desembargador esteja usando a tática do Donald Trump, contando com a “maioria silenciosa” para ser ungido candidata a candidato ao Governo do estado, 2018. Esperemos, pois.

temer

O governo golpista quer votar em regime de urgência projeto que pode perdoar empresas envolvidas na Lava Jato e anistia para o caixa 2, isto é, José Serra, que recebeu propina de 23 milhões -na Suíça -, poderia ficar livre, leve e solto. Sem batidas de panelas, claro!

Reforma

Senado Federal aprova, em primeiro turno, reforma política, que pode reduzir o número de partidos e veda coligações nas eleições proporcionais. Com esta medida, cairiam de 37 agremiações partidárias para aproximadamente 14. Porém, ainda terá uma segunda votação no Senado antes de ser enviada à Câmara Federal, que também necessitará de duas votações.

Rosalba

       A ex-governadora e prefeita eleita, de Mossoró, Rosalba Ciarlini, tornou-se ré em processo promovido pelo Ministério Público Federal (MPF), o juiz federal Mário Jambo decidiu acolheu a ação de improbidade.

Rosalba irá responder judicialmente por ter devolvido, durante sua gestão (2011 a 2014), R$ 14,3 milhões em recursos federais que deveriam ter resultado na abertura de 1.511 vagas em novas unidades prisionais e em obras de reforma e ampliação das já existentes e, por falta de projeto retornou aos cofres da União.

       Em caso de condenação, a ex-governadora, perderá a função pública que exerça (ela foi eleita prefeita de Mossoró em outubro), pois teria seus direitos políticos suspensos, ficaria proibida de contratar com o poder público; além de ter de ressarcir os danos causados ao Estado e à União e pagar indenização.

Mudo

       As linhas fixas de telefones do ITEP – Instituto Técnico-Cientifico de Perícia do Rio Grande do Norte foram cortadas por falta de pagamento. Incompetência total do “governo da Segurança”.

Trump

Trump enganou a mídia, os institutos de pesquisas, a Hillary Clinton e a todos na aldeia global.

0

Privatizar a UERN

uern

         O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Cláudio Santos, anunciou a disposição para a liberação de, pelo menos, R$ 100 milhões para o governo do estado, porém, condicionados a uma lista feita pelo próprio desembargador, tirando a originalidade da prerrogativa do executivo escolher quais as áreas mais importantes para receberem os recursos. Isto, passou despercebido por muitos, o quê ficou à luz e gerou descontentamento de uma significativa parcela da sociedade foi a polêmica sugestão do presidente do TJ, de vender a UERN – Universidade Estadual do Rio Grande do Norte.

         Corre à boca pequena que o Santos, almeja ser ungido candidato a governador em 2018, se isto for, de fato, mesmo pretensão, começa a marcha à ré.  Claro, que sua disposição de ajudar o Governo Robinson – que anda mais perdido que cego em tiroteio -, conta e poderia ficar “bem na fita” com os potiguares, por outro lado, a sugestão de privatizar a UERN pode neutralizar a primeira ação, então o esforço para se posicionar com uma imagem simpática ao povo seria muito maior, além do quê, seus adversários não iriam, e nem o farão, esquecer a malfadada ideia. Só tempo terá uma resolução. Esperemos pois!

Crise

         Não precisa ser cientista político, narrador de futebol ou juizeco de rinha de galo, para perceber que o Governo Robinson, caminha a passos largos a um fragoroso e retumbante desastre. Mal articulado politicamente se comunica pessimamente com os norte-riograndenses.

       O Hospital Regional de Apodi, irá fazer uma paralização de advertência, o Hospital da Mulher Parteira Maria Correia, de Mossoró pode fechar suas portas e fugindo a lógica, o Robinson anuncia a construção do Hospital Regional da Mulher, em Mossoró. O povo, os funcionários precisam entender, porquê se o governo não consegue suprir as necessidades básicas para manter os hospitais existentes funcionando a contento e construir um novo? Será que aconteceu um milagre? Será que governo pôs o cofre sobre a mesa e pediu a um desses pastores picaretas para enchê-lo de Reais? Encontrou uma botija? Fala sério Robinson, fala!

Arrependido

O prefeito eleito de Porto Alegre(RS) e deputado federal Nelson Marchezan Júnior, PSDB, fez um duro discurso contra o governo golpista e seus pares, na Câmara dos Deputados. Se dizendo quase arrependido de ter votado no impeachment percebendo o cinismo latente naquela Casa.

PT

         Algumas figuras que não comungam com a democracia, andam ululantes vomitando que o PT acabou, inclusive jornalistas renomados que foram forjados lambendo botas de generais, não acabou não. Depois de toda carga recebida, desde o dia que Lula pisou a rampa do Palácio do Planalto, Operação Lava Jato, impeachment de Dilma, é um grande feito se manter em pé, contra todas as forças reacionárias e uma mídia claramente partidária.

         Porém, o PT merece tudo que está passando: primeiro ousou imaginar que o pobre teria que comer três vezes ao dia, uma ofensa aos senhores de engenho, depois viu a máquina azeitada da corrupção passar em sua frente e muitos de seus membros mergulharam de cabeça, Lava Jato, impeachment. Junte estes ingredientes, não poderia ter outro resultado: o encolhimento do partido.

PT – 2

     Esta eleição foi atípica. Teve todos os elementos não comuns a outras ocorridas. O PT foi o grande perdedor da últimas eleições? Sim. Entretanto não foi o único. A política perdeu, basta vermos os votos brancos, nulos e abstenções e a direita também saiu chamuscada. Agora, o PT necessita de uma “mea culpa”, se reinventar, voltar as origens ou algo que o valha, não pode é ficar inerte diante dos fatos.

Twitter

“Alguns adversários não engoliram o resultado das eleições. O choro é livre”. Carlos Eduardo Alves, prefeito reeleito da capital potiguar.

Para recordar:

“Eu ia despachar com a governadora sobre assuntos políticos e ela me falava para ir despachar com o marido dela. Eu cheguei a passar três meses tentando falar com ele, mas não fui recebido”, governador Robinson Faria, na época, vice de Rosalba Ciarlini, justificava seu rompimento.

 

2

Loas à prisão de Cunha

cunha-preso

         Não faço coro com a meninada saltitante cantando loas à prisão de Eduardo Cunha. O xilindró do “homem mais poderoso” da república do Planalto Central, até então, estava mais que prevista, cristão nenhum, em sã consciência esperaria que o Moro prendesse o coelhinho da páscoa ou Papai Noel antes dele, portanto, nada de extraordinário.

         Entretanto, o Cunhinha, pode e deve contribuir com esta Pátria Mãe gentil, fazendo delação premiada, sendo ele a “caixa preta” do Plano Piloto terá muito a revelar, claro, se o fizer não será por um surto de bondade ou patriótico, mas certamente por pura vingança, que seja. O importante é que suas revelações sejam verdadeiras e possam levar mais uma horda a ver o sol nascer quadrado.

       Por outro lado, precisamos ficar atentos e vigilantes e cobrando atitudes dos promotores da Lava Jato sobre qualquer ameaça a sua paralização, porque isto, certamente já há sinais que pode está ocorrendo, haja vista o acontecido, logo após a delação de Sérgio Machado, colocando no mesmo balaio de propinas, 28 políticos, que hoje integram oito partidos – PMDB, PT, PP, PC DO B, DEM, PSDB, PDT e PSB, inclusive o presidente do Senado, Renan Calheiros e o Presidente da República michel temer, a reação foi imediata ventilou-se um movimento para um projeto que pudesse limitar a atuação do Ministério Público Federal.

       Acendi 12 dúzias de velas de sete dias a todos os santos e entidades do mundo mais elevado, rogando a deleção do bandido Cunha.

Maldade

         O governo do anão, retirou os subsídios do programa Luz Para Todos, que tem sua grande demanda de pobres no interior rural do nordeste, para poder baixar a luz no centro-oeste, sul e sudeste. Dá-lhe golpista.

Merda

         Ontem recebi um elogio que me deixou envaidecido. Um adorador do senador José Agripino Maia, presidente nacional do DEM, decidiu me acariciar com uma delicadeza, característica própria dos que gostam de um bom e frutífero diálogo político, o democrata cravou-me de “jornalista de merda”, que eu era um petralha revoltado porque meu jornal perdera a “boquinha” com a queda de Dilma. Confesso que não ri para não estragar a fúria do rapazote e para não deixa-lo frustrado, omiti que sou jornalista, apenas por força do ofício, pois sou cartunista, nunca possui jornal e também as pessoas mais próximas do PT que mantenho relacionamento é por fotos de jornais ou internet.
Ainda assim, obrigado pelo ”jornalista de merda”, uma agressão vindo de quem veio deixou-me substancialmente lisonjeado, me sentiria triste e envergonhado se fosse diferente.

Dentadura

       Deixando a merda de lado. Na cidade de Mossoró há um movimento para fechar e um outro para permanecer aberto o Hospital da Mulher, um vergonhoso outro digno de elogios e ambos seriam desnecessários se os políticos levassem a sério os interesses do povo e não somente olhassem para seus próprios umbigos ou bocarras como fez o senador José Agripino(DEM), num tempo não tão, tão distante assim, torrou R$ 55 mil reais com sua dentadura de porcelana, para poder exibir seus dentes branquinhos, branquinhos, branquinhos.

Crise

       A crise imputada ao país tem nome e sobrenome: PT e PSDB. – não vou entrar no mérito-, mas que o Governo Robinson Faria é mais fraco que caldo de batatas é quase uma unanimidade.
Passaram-se 2 anos e o governo não sinalizou um movimento capaz de entendermos competente. A incompetência instalada.