Vivas a Cascudo

É para se comemorar nossas raízes mais genuínas, hoje é o Dia do Folclore Nacional. Nestes tempos estranhos, onde nossos ícones da tribo de Poti, perderam a razão de sê-los, porém, ainda nos resta Câmara Cascudo, este forjado e dedicado às coisas do povo soube elevar a terra potiguar ao seu lugar de merecimento. Vivas a Cascudo.

Boi de piranha

Quando da campanha de Fátima Bezerra (PT), a prefeita de Natal contra a jornalista Micarla de Souza, fiz algumas críticas a sua performance. Pois, mesmo com apoio do Presidente Lula, ela não conseguia decolar, – inclusive recebi ameaças da meninada, sendo eu eleitor de Fátima -. Pois, muito bem, às urnas alicerçaram o que havia dito. Naquela oportunidade rezava para eu estar errado, não estava.

Não estava atrelado ter muita ciência em políticas ou ser discípulo de Nostradamus, para percebermos claramente os sinais de fracasso, entres eles a empatia, porém, Fátima mudou e o cenário que mostra o quebrar da barra é outro.

Numa pesquisa de intenção de votos tenho como líder, a senadora petista, muitos entendidos do borogodó, fazem beicinho, desdenham e desqualificam o apanhado de dados, o fazem por várias razões que não cabe a mim decifrá-los, mas são todos desnudos e visíveis, basta ver de onde eles partem.

Concordo plenamente com pesquisa, se fosse hoje, não seria bicho de sete cabeças se a senadora Fátima lograsse êxito. Ora, os principais caciques e sua nauseabundas oligarquias estão desmoronando (aparentemente) de velho e podre, momento mais propício não apareceu, mas peraí, até 2018 é preciso contar com as variáveis.

Portanto, cuidado senadora, esta pesquisa pode ser boi de piranha.

Parla

O Corecon e a Comunicação Profissional iram realizar nos dias 1 e 2 de setembro, o Curso Falar em Público Sem Inibições. Se você tem esta dificuldade não perca esta oportunidade.

Pena Prateada

O ninho tucano ameaçado a cair do galho. Parte dos opositores do senador Tasso Jereissatti (PSDB/CE), pretendem encurtar seu longo bico, destituindo da interinidade da Presidência do PSDB. A troca de bicadas ficou acirrada quando o tucano comedor de farinha cearense, mudou a data das convenções sem levá-las ao debate interno.

Os tucanos da Serra da Canastra, querem a volta ao comando do partido o Pena Prateada, Aécio Inocente Neves.

Canalhice

O monstrengo do fundão eleitoral, criado neste engodo de reforma política, perdeu fôlego diante da rejeição popular, mas pasmem, no submundo, corredores e esgotos do Congresso Nacional à volta da contribuição de campanha de empresas surge com força total. Ora, canalhas fazem canalhices.

Frase

“Posso ser candidato ao Senado. Não digo dessa água não beberei”, disse o ex-deputado Ney Lopes.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *