Suruba Seletiva

O senador Romero Jucá(PMDB-RR), o famoso “Caju” da esquecida lista da Construtora Odebrecht, aquele mesmo, o conselheiro que versava sobre tirar Dilma e botar no seu lugar o anão temer para estancar a sangria, agora, líder do Governo temer, ataca e de forma contundente mostra sua sanha ao corporativismo e ao livramento dos “meninos” cavilosos.

Expondo, dentes, garras, e de olhos esbugalhados totalmente contrariado, em caso do Supremo, restringir o foro de políticos apenas para os crimes cometidos durante o exercício do mandato eletivo, vociferou: “Se acabar o foro, é para todo mundo. Suruba é suruba. Aí é todo mundo na suruba, não uma suruba selecionada”. Seletiva? Quê raios de suruba é esta? Suruba é suruba, ora!

 

Hospital em Natal

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo(PDT), do Natal em Natal, Carnaval em Natal, não está fazendo os repasses devidos para o Hospital Infantil Varela Santiago.

“Os repasses vinham sendo pagos regularmente, o ministério da Saúde repassa todo mês para o hospital desde de 2012. De outubro para cá o secretário municipal paga uma coisa e tira outra. Para você ter uma ideia já acumulou lá na SMS um crédito de R$ 2.686.561,84 e só foi repassado R$ 841.427,41 neste mês”, Dr. Paulo Xavier, diretor do hospital.

Fala-se, à boca de sapo, o quê permeia a cabeça do prefeito é o horizonte de 2018, todo o resto é questiúncula, micro, nano. Hospital em Natal não tem verba!

 

Alexandre

Sabatinado na semana passada, em uma concorrida sessão “extraordinária”, em um iate ancorado, as margens do Lago Paranoá, o indicado de temer, para Ministro do Supremo, Alexandre Moraes, cumpriu, ontem(22), o rito de “passagem na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado. Falta-lhe apenas o plenário do Senado consagrá-lo.

Bem qualificada, a Comissão presidida pelo senador Edson Lobão(PMDB-MA), mais conhecido como “Sonlo” na lista da Odebrecht, tem outros nove senadores que citados na Lava Jato. Tudo em casa!

 

 

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *