Kandapara

best-friend

           O cantor e compositor Cazuza, nos deixou uma acervo musical extraordinário, mesmo seus críticos mais ferrenhos admitem a qualidade de suas letras e composições de pura poesia, de um inconformismo latente, que de certa forma ajudou ao jovem a se perguntar e questionar outrem também, abrindo um leque de possibilidades. De suas músicas emblemáticas a maior delas é Ideologia, principalmente na frase onde fica bem explícita uma espécie de busca: “Ideologia, eu quero uma para viver”. O filósofo francês, Destutt de Tracy, dizia que ideologia eram as percepções do mundo externo, logo Max determinou ser uma consciência social que integra o poder econômico da classe dominante: ideologia burguesa, pertencente ao capital e a ideologia proletária, quando adesivada à classe operária.

         Mas, não importa sua cor ideológica preferida, determinada pela conjunção de Júpiter com Netuno, na quinta casa oblíqua da lua em quarto minguante. O certo é que você precisa de uma ideologia para viver, ou não? Há algum tempo sim, pelo menos foi assim para os partidos políticos, que nos vendiam ideais socialistas, sociais democratas, capitalistas e alguns deles, com argumentos bem fundamentados. Porém, a barra ainda nem quebrava no horizonte, após a longa noite de terror e os partidos já vislumbravam a aurora se erguendo oferecendo-lhes os braços da democracia, e engatinhando, correram à luz numa voracidade, como em uma prova de 100 metros rasos de fazer inveja ao Usain Bolt, expuseram quão frágil eram os discursos ideológicos, permitindo aos surdos ouviram o ranger das mandíbulas dos cupins roendo seus alicerces.

         Sabemos todos, o terreno da política às vezes se torna pantanoso e fétido, mas…Depois de tudo, além de tudo que já vimos desde 2014, o PT e PMDB estão de mãos dadas em 1971 municípios, em 146 coligações lideradas pelo PSDB e tucanos formaram chapa com candidatos do PT em 60 cidades, sem falar do DEM e outros “inimigos golpistas”. Sei que vocês vão dizer que é tudo por causa da dinâmica política, da conjuntura regional, sei…Tô sabendo.

       Segundo meu amigo Delegado(porteiro e filósofo), a política partidária brasileira é um verdadeiro Kandapara, eita!

Brito – Cartunista.

Você também pode gostar...

1 Resposta

  1. Marcos Aurélio disse:

    Muito boa reflexão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *