Só No Blog Mesmo

1

Mais um

 

Mais um escritório de advocacia nos confiou a criação de sua logo e identidade visual. Desta feita, as advogadas Marília Mesquita e Ivete Lisboa. Obrigado, a confiança.

Fachada

Boa parte da meninada “canarinho” que foi às ruas saltitar em uma dancinha safada coreografada em um fatídico “FORA DILMA”, agora se escode atrás de uma vergonha que nunca tive e, com a cabeça enterrada na areia tentam não ser vista.

Meus senhores e senhoras vocês que avalizaram este governo corrupto e corruptor são tão responsáveis pela tragédia e danos causados à população pelo ladrão-geral da república – segundo Joesley Batista-, quanto aqueles que elegeram para fazê-lo.

O Palácio do Planalto, veste rosa, em notório apoio institucional à campanha contra o câncer de mama. Bem, mas isto é, literalmente só fachada. No Brasil 8,4 milhões de mulheres que necessitam a Mamografia Bilateral, principal exame a um diagnóstico preciso para detecção precoce de nódulos no seio, não conseguem o exame pelo SUS.

No ano passado, apenas 24% de mulheres com idade crítica para fazer mamografia conseguiram realizar o exame na rede pública, uma tragédia anunciada onde teremos um crescimento avassalador neste tipo de câncer, pois, sem um diagnóstico cedo o tratamento fica comprometido, dizem os mastologistas.

Roubar, tripudiar e matar é a natureza deste governo pequeno.

Senado

O senado federal adiou discussão sobre imbróglio se o Supremo tem ou não competência para suspender, embora que temporariamente, o senador. O senado só retorna o assunto depois que o próprio STF se debruçar sobre o assunto, o que ocorrerá ainda nesta primeira quinzena de outubro.

Bicando

A tucanada continua trocando bicadas nas penas platinadas de seus curtos rabos. Com sempre, em qualquer situação mais tensa, os tucanos não tomam decisão: uma parte reza a Deus e outra se ajoelham ao diabo e assim permanece na escolha do relator da comissão que irá decidir sobre a segunda denúncia contra o anão temer.

Frase

“Não é da minha responsabilidade”, diz Moro sobre Lula candidato em 2018

0

Trabalho finalizado

Advogados Associados

Mais um trabalho concluído com cliente satisfeito. Criamos a logo e toda identidade visual do escritório de advocacia do amigo Marcílio Mesquita e, projetamos a fachada, executada pela NatalPress. Obrigado, pela confiança.

Reforminha sem vergonha

Apesar do meu candidato a deputado federal não ter sido eleito, se o tivesse, e fosse integrante da horda que arregimenta aprovação desta “Reforma Política” mixuruca, que ora, desponta no Planalto Central, eu o riscaria o seu nome do meu caderno para sempre, como o farei se minha senadora Fátima Bezerra fizer o mesmo: votar nesta simulação de reforma, neste engodo, que não é nada mais, nada menos que uma maneira de suprir as “doações” empresariais. Uma vergonha vergonhosa!

Ranque da vergonha

Natal a capital com o ar mais puro das Américas, – qualquer posição contrária se dirija Nasa -, sobe a mais pódio, porém, neste caso não há de que nos orgulharmos não, e sim, é motivo para sentirmos vergonha de nós mesmos e de nossos dirigentes políticos. Além, de outro dia termos abiscoitado o título de Capital Mais Violenta do Nordeste, agora, somos também a capital mais endividada do Brasil, isto é, os natalenses são os maiores devedores do país e, enquanto o Governo do Bob Pai e a Prefeitura Municipal, do Carlitos Alves não equacionarem o salário do funcionalismo, ostentaremos este novo título pendurado ao pescoço como um pingente da vergonha.

Pesquisa DataFolha

Em Sem Lula, Marina Silva assume liderança em 1° turno nos cenários. Os presidenciáveis tucanos Geraldo Alckmin e João Doria tiveram desempenho semelhante ao da pesquisa anterior, oscilando entre 8% e 10%. A grande novidade foi o crescimento de Lula e 5%. O líder petista parece massa de pão, quanto mais bate mais ele cresce.

Aumento de energia

Desde ontem(1), estamos pagando energia mais cara. O governo decidiu que as contas de energia terão o segundo patamar 2 da bandeira vermelha. O consumidor terá um acréscimo de R$ 3,50 a cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos.

0

Bola murcha

O Fantástico da Rede Globo, teve a semana passada inteira para atiçar nossa curiosidade com seu quadro “Cadê o dinheiro que estava aqui?”,  onde insinuava que o “Irma” iria descambar sobre o torrão potiguar, entretanto, não passou de chuvisco muito do fraquinho, não deu nem para molhar a grama do Arena. O “repórter secreto” deveria ter sido apresentado no “Bola Murcha”, pois, nada de novo trouxe ou acrescentou que nós, conterrâneos de Poti não soubéssemos.

Os R$ 100 milhões do superfaturamento na construção do Arena da Dunas, depois transformado em propina, tomou o mesmo caminho, que a propina segue nestes casos: o bolso dos políticos.

Não houve na de fantástico, dessa meninada, todos sabem seus nomes e endereços: Rosalba Ciarlini, Henrique Eduardo Alves e José Agripino Maia, frequentam constantemente as raias da Justiça e são velhos conhecidos do Ministério Público.

Porém, foi preciso um veículo de expressão nacional dizer o quê já tínhamos ciência há muito e dissimuladamente fazíamos de conta que não era conosco. É preciso que tenhamos – claro, se quisermos um Rio Grande do Norte melhor – mais coragem e fazermos uma autocrítica, alguns questionamentos: estas raposas que nos rouba o sono e os sonhos merecem permanecer nas políticas? E seus filhos netos, que nunca trabalharam, por herança merecem seus Legados?

Sim? Tudo bem, continuem votando neles e sejam cumplices dos roubos e mortes por todo nos Estado. Não? Ótimo, não votem neles, simples assim.

A besta

Na internet há vários vídeos do deputado, Bolsonaro atacando o Lula e o PT, nada demais, a besta cumpre seu papel no jogo, como peão, sabe que mais cedo ou mais tarde será descartado.

A direita não quer vê-lo rondando o Palácio do Planalto e muito menos a esquerda, portanto, seu destino foi traçado a várias mãos irmanadas em um interesse comum.

De Volta

Já em solo potiguar, Ricardo Valério, Presidente do Corecon/RN, depois de 3 dias na capital mineira, Belo Horizonte, onde participava do Congresso Brasileiro de Economia.

Semelhança

“O Governo moderno não é senão um comitê para gerir os negócios comuns de toda classe burguesa” Karl Marx
Qualquer semelhança com o governo do ladrão-geral da República, não é mera coincidência.

 

0

Fale Sem Inibições

Fale Sem Inibições

Nos dias 01 e 2 de setembro, no auditório do Corecon/RN, acontecerá o curso “Como Falar Em Público Sem Inibições”, ministrado pelo professor, em comunicação profissional da UFG – Fundação Getúlio Vargas, Adelmo Freire.

Vagas limitadas para apenas 15 participantes. Inscrições ao preço de R$ 180,00, pelo 3201-1005 e corecon-rn@corecon-rn.org.br. Segundo os organizadores, restam apenas 5 vagas.

Assassinaram a palavra

“Minha palavra cantada pode espantar, e a seus ouvidos parecer exótica”, diz Cae, viu intimidade? Intimidade nada, só para mostrar como a palavra não se limita a um conjunto de letras ordenadamente que diz algum sentido, ela é mais que isto, muitas vezes extrapola do que diz. Estudiosos da língua são unânimes e rubricam que a palavra é viva, tem alma, personalidade, alguns juram que tem dupla personalidade, segundo o forrozeiro Genival Lacerda, se assim não fosse, não seria ele o sucesso que é.

Mas, deixando a profundidade de lado, como não sou gramático, e mesmo atestando só fazer um “o” com uma quenga, ainda assim, concordo com a academia e, digo mais: sou testemunha da morte em vida, de uma palavra que outrora era fora muito usada no meio de comunicação e, hoje é ojerizada, se pronunciá-la próximo de um publicitário o sujeito fica todo “apatacado” com urticária e é capaz de choque anafilático ou quem sabe um ataque cardíaco fulminante.

Também a dita cuja, permeava as lojas do comércio varejistas, os vendedores a veneravam, principalmente no final do mês, quando adoravam enfiá-la nos bolsos. Mas, hoje em dia a coitada anda meia moribunda, agonizando em seu leito de morte, contam, esperar à extrema unção.

Realmente, tudo muda, o quê ontem era jovem, novo, hoje é antigo e não diz mais o quê quer dizer. Senão vejamos, desculpe o nome “feio”: comissão. Muitos ou quase todo mundo foge dela como o diabo foge da cruz, claro, desde que não seja sócio de um bando que surgem entre os mortais de 4 em 4 anos.

Há algum tempo, publicitários recebiam dos veículos de comunicação, sobre a verba aplicada em inserções percentuais de 15% a 20% de comissão – desculpe o palavrão -, atualmente se recebe BV, não, não é boca virgem não, é Bônus de Veiculação, ninguém quer ouvir falar em comissão.

A turma do colarinho branco não é brinquedo não, por onde passa o estrago está feito, como se uma besta fera fosse, uma peste, e é: essa gente mata pessoas, mata sonhos, mata alegrias e mata até palavra. Assassinaram a palavra comissão.

Deu no NY Times

“Lula ainda é o político mais popular do Brasil”

Desfaçatez

Dá pena da desfaçatez dos programas políticos do PSDB e DEM. O investigado Senador José Agripino falando de benefícios para “meu Estado Rio Grande do Norte”, o PSDB por sua vez usa dois negros em suas veiculações, como se, de fato, tivesse algum respeito pela causa negra. O núcleo negro do partido desmente essa tentativa passar à população que há uma preocupação com causa negra, é mentira, pois este núcleo é dirigido por uma loira, que dizer, uma capataz branca.

Carocatto2

Preciso urgentemente aumentar minha dose de memoriol, anotei em minha agenda a exposição do cartunista Túlio Ratto, para o dia, 25, portanto hoje. Na verdade a “Caricatto2” se deu ontem, na sede da OAB/RN, Rua Barão de Serra Branca, s/nº – Candelária).

Mas, se estenderá por todo dia de hoje (25), você ainda pode ir se deliciar com as caricaturas de empresários, políticos, jornalistas advogados e todos que passaram pela pena do Túlio, até à 21h.

0

Vivas a Cascudo

É para se comemorar nossas raízes mais genuínas, hoje é o Dia do Folclore Nacional. Nestes tempos estranhos, onde nossos ícones da tribo de Poti, perderam a razão de sê-los, porém, ainda nos resta Câmara Cascudo, este forjado e dedicado às coisas do povo soube elevar a terra potiguar ao seu lugar de merecimento. Vivas a Cascudo.

Boi de piranha

Quando da campanha de Fátima Bezerra (PT), a prefeita de Natal contra a jornalista Micarla de Souza, fiz algumas críticas a sua performance. Pois, mesmo com apoio do Presidente Lula, ela não conseguia decolar, – inclusive recebi ameaças da meninada, sendo eu eleitor de Fátima -. Pois, muito bem, às urnas alicerçaram o que havia dito. Naquela oportunidade rezava para eu estar errado, não estava.

Não estava atrelado ter muita ciência em políticas ou ser discípulo de Nostradamus, para percebermos claramente os sinais de fracasso, entres eles a empatia, porém, Fátima mudou e o cenário que mostra o quebrar da barra é outro.

Numa pesquisa de intenção de votos tenho como líder, a senadora petista, muitos entendidos do borogodó, fazem beicinho, desdenham e desqualificam o apanhado de dados, o fazem por várias razões que não cabe a mim decifrá-los, mas são todos desnudos e visíveis, basta ver de onde eles partem.

Concordo plenamente com pesquisa, se fosse hoje, não seria bicho de sete cabeças se a senadora Fátima lograsse êxito. Ora, os principais caciques e sua nauseabundas oligarquias estão desmoronando (aparentemente) de velho e podre, momento mais propício não apareceu, mas peraí, até 2018 é preciso contar com as variáveis.

Portanto, cuidado senadora, esta pesquisa pode ser boi de piranha.

Parla

O Corecon e a Comunicação Profissional iram realizar nos dias 1 e 2 de setembro, o Curso Falar em Público Sem Inibições. Se você tem esta dificuldade não perca esta oportunidade.

Pena Prateada

O ninho tucano ameaçado a cair do galho. Parte dos opositores do senador Tasso Jereissatti (PSDB/CE), pretendem encurtar seu longo bico, destituindo da interinidade da Presidência do PSDB. A troca de bicadas ficou acirrada quando o tucano comedor de farinha cearense, mudou a data das convenções sem levá-las ao debate interno.

Os tucanos da Serra da Canastra, querem a volta ao comando do partido o Pena Prateada, Aécio Inocente Neves.

Canalhice

O monstrengo do fundão eleitoral, criado neste engodo de reforma política, perdeu fôlego diante da rejeição popular, mas pasmem, no submundo, corredores e esgotos do Congresso Nacional à volta da contribuição de campanha de empresas surge com força total. Ora, canalhas fazem canalhices.

Frase

“Posso ser candidato ao Senado. Não digo dessa água não beberei”, disse o ex-deputado Ney Lopes.

1

Sujos e mal-lavados

Os cacicagões da política do Rio Grande do Norte, não podem “mangar” e muito menos fazer pouco uns dos outros, todos são sujos e mal-lavados e estão na mesma canoa furada. Enquanto o Ministro do Supremo, Edson Fachin arquivava denúncia contra o senador Garibaldi Alves (PMDB), a Polícia Federal fazia uma busca na residência do Bob Pai, governador Robinson.

Nem baixou a poeira, o Gripado, aquele senador potiguar, da perereca de R$ 55 mil, Presidente Nacional do DEM, vai depor na Polícia Federal, acusado de peculato e lavagem de dinheiro. Jajá é suspeito de empregar um fantasma no seu gabinete, no Senado Federal.

A Ministra do Supremo, Rosa Weber deferiu o pedido do Procurador-Geral da União, Rodrigo Janot, a fazer diligências em imóveis a procura de documentos que possam comprovar ou inocentar  o senador: “A oitiva do senador investigado pode ser efetivada tanto perante o órgão do Ministério Público quanto perante a autoridade policial”, disse a Ministra.

O ex-senador Darcy Ribeiro, certa vez disse “O Senado é melhor do que o céu, porque nem é preciso morrer para estar nele”.

Lá como aqui, a “meninada” do parlamento tem essa mania besta de empregar fantasma. Não sei por quê?

Ruim

O Coisa Sarnento, que pernoita numa tumba, no subsolo do Palácio do Jaburu, fez previsão de R$ 969 para o salário mínimo do ano que vem, R$ 10 a menos que a projeção atual sobre a inflação do período. Quando o sujeito é torto, até a cinza é torta. Vai ser ruim assim lá nas profundezas do inferno.

Brincadeira

Pimenta do fiofó dos outros é refresco, diz o dito popular. Assim, desse jeitinho os deputados estão preparando uma pseudo-reforma política em que criam um tal de “Distritão, ou um “semidistritão” onde elegeremos metade dos deputados numa espécie de parlamentarismo tupiniquim, a outra metade numa lista fechada feita pelos partidos. Uma maneira de assegura a eleição de muitas canalhas ao parlamento, sem falar dos R$ 3,5 bi que irão custear as campanhas eleitorais que sairão do nosso bolso.

Moralista

O senador Cristovam Buarque (PPS/DF), correu rapidamente para informar que sua conta pessoal do Twitter foi invadida: “Minha conta foi invadida. Registrei ocorrência na Polícia Legislativa e DRCC. Não curti nenhuma foto de mulher nua”, disse. A rede social mostra aos seguidores as postagens que o usuário clicou com o botão curtir. Ora, e é imoral, ilegal ou engorda curti uma bela mulher nua? Moralistas de beira de esquina. Quem não sabe das “meninas de programa” que rebolam as cadeiras nos corredores e banheiros do Congresso? Ora, Cristovam!

Salário Universitário

O governador do Estado do Ceará, Camilo Santana (PT), sancionou uma lei nesta quarta-feira (16/8), regulamentando o pagamento de um salário mínimo (R$ 937) para universitários vindos da rede pública de ensino. Eles receberão o valor durante os seis meses iniciais do curso ou meio salário ao longo do primeiro ano.

Frase

“Prefeito Carlos Eduardo lançou Natal no buraco”, deputado Fernando Mineiro(PT/RN)

0

Chapolin Alves

“Tem genti qui nasci cum a bunda pra lua”, diz sem pestanejar, meu amigo Delegado (porteiro e filósofo). De certa forma tem razão. Carlos Eduardo (PDT), prefeito de Natal, poderia não, se enquadrar direitinho.

Depois que o PMDB sofreu o cangapé com a prisão do ex-deputado Henrique Eduardo Alves, o Senador Garibaldi Alves – apesar da denúncia ter sido arquivada, pelo Ministro Edson Fachin -, constar o nome na lista da Odebrecht e do seu filho, o deputado Walter Alves, qualquer solução caseira da família do patriarca Aluízio Alves, passaria pela cozinha de Carlos. Claro, o prefeito de Natal é Alves. Entretanto, sempre foi o patinho feio, a prioridade era Henrique, Garibaldi e sua prole, Carlos permanecia à margem. Mas, agora, a coisa mudou de figura. E quem poderá salvar os Alves? Os Alves mesmo, isto é, Carlos Eduardo Alves é o Chapolin Colorado da família e está em suas mãos até a escolha do cargo a concorrer em 2018.

Por outro lado, o senador José Agripino não se movimenta muito para não descer mais ainda na movediça Lava Jato. Quem poderia fazer frente a Carlitos, seria o Bob Pai. Porém, a justiça, ao que se descortina, irá nocautear o governador Robinson Faria, que mesmo sem ajuda da lei, seria um oponente mais fraco que caldo de batatas. Então, Carlinhos está de melê solto.

O prefeito da Cidade do Sol, não fez nada que se possa destacar, no atual cenário acredita não necessitar muito esforço: uma obrinha aqui, outra ali, será o suficiente para catapultá-lo a voos mais altos em 2018. Começou a fazer obras visíveis, uma delas é a Avenida Prudente de Morais que está recebendo uma camada de asfaltou novinho em folha.

Carlos, a Avenida Dr. João Medeiros Filho, parece pista de cross. Ah! Lembre-se que deste lado do rio, também têm votos.

Alcaçuz

Grave às denúncias contra o Governador Robinson Faria. Alguns entendidos do borogodó afirmam que Mister não terminará seu mandato e poderá se hospedar compulsoriamente em Alcaçuz.

Cidadão

João Dória é cidadão natalense e o empresário Flávio Rocha recebeu a medalha Frei Miguelinho, certamente, nesta tórrida, sofrida e ensolarada cidade nunca mais calamidades.  Na solenidade ocorrida no Teatro Riachuelo, o nome impronunciável e não dito, parece ter sido combinado previamente, foi do Presidente da Câmara, afastado, Raniere Barbosa, ninguém quis colar seu nome ao do vereador, nem mesmo os homenageados ousaram falar. Mesmo tendo sido dele a iniciativa das homenagens. Que coisa!

INSS

O governo do chupa-cabras, presidente golpista temer, vai massagear o lombo dos servidores públicos federais com um porrete de urtiga. Está em estudo um aumento da contribuição do INSS, atualmente é de 11%, com a elevação passaria para 14%. É a conta chegando!

Frase

“Imprensa acha que usa, mas ela é usada”, diz Dunga sobre escalações.

1

O Chilique do Bob Pai

Infelizmente, havia e ainda pode existir os que juram de pés juntinhos, que a corrupção é coisa lá do cerrado brasileiro, e que nossos políticos são todos limpinhos de almas puras e lavadas com Omo total, certamente estes deram com os burricos n’água. Aqui na taba, da várzea à capoeira a famigerada corrupção brota viçosa e exuberante.

O Robinson Faria, dá chiliques e acusa a imprensa de potencializar a violência, sua casa é “visitada” pela Polícia Federal para uma varredura, em busca de documentos que comprovem sua participação no esquema que desviava recursos usando empregados fantasmas. O esquema, segundo delatores, funcionava desde sua Presidência da Assembleia e, que ele recebia R$ 100 mil por mês. Também pesa sobre a cabeleira do Bob Pai, acusação de pagar uma “mísera” quantia de R$ 5 mil por mês para não ser citado na delação premiada, da gestora do esquema, Rita das Mercês, dinheiro este que era pago em estacionamentos de shoppings e até no Centro Administrativo do Estado.

Bob Pai fora do tom

Enquanto isto, dois estudantes de músicas da UFRN, vivem um drama surreal, em qualquer parte do mundo civilizado, estes moços seriam motivo de orgulho ao seu torrão, aos governantes, mas, por estes lados a banda toca desafinada. Os dois músicos ganharam bolsa para estudar na Finlândia, no entanto, mendigam apoio e fazem uma vaquinha para poderem custear viagem e estadia naquele país.

Bob Pai em águas turvas

O Mister Robinson, aparentemente tem a numerologia como guia, a não ser que seja muita coincidência do número 5 lhe persegue à sombra. O Robinson dorme sob suspeita de corrupção, o Joesley Batista, dono da JBS, afirmou ter repassado ao governador R$ 5 milhões e mais outros R$ 5 milhões para seu filho, o deputado federal Fábio Faria, as quantias seriam um “agrado”, isto é, uma espécie de “caução de propina”, para que o Bob Pai dessa preferência de venda da Caern à JBS. Não há como negar que nosso governador navega em águas turva e turbulentas.

0

Lula cá

O presidente Lula Iniciará no 17 próximo, uma caravana pelo Nordeste, onde visitará 28 municípios da região. Aqui, na aldeia irá a Mossoró e Currais Novos, toda a jornada será feita de ônibus: “É uma caravana que exige muito de cada companheiro. Será uma tarefa imensa, quase 22 dias de viagem. É preciso que haja um mínimo de infraestrutura”, afirmou Lula.
A largada terá início no Estado da Bahia com final roteirizado para o Maranhão. Segundo o petista, o objetivo é para que Partido dos Trabalhadores se reencontrar com a sociedade brasileira. Em 8 Estados visitados, o ex-presidente Lula será recebido por governadores, aliados e a militância.
A “Caravana da Esperança”, assim batizada, percorrerá 3.000km, também há um desejo de transmissão em tempo real. Porém, em seu Estado natal, Pernambuco, o governador não será anfitrião.
Logo após a excursão nordestina, Lula visitará a região Sul e Sudeste, dando especial atenção aos Estados de Minas Gerais e São Paulo.Segundo militantes fervorosos, em Mossoró, no dia 28, preparada uma grande festa para recepcionar o Presidente Lula.

Economista

Neste imbróglio de poucas perspectivas da área financeira e econômica vivida por todos nós, precisamos dos economistas, mais do quê nunca. Carecemos sim, necessitamos com urgência aprender a lidar com nosso mirrado dinheiro mensal, termos mais ciência do quê é e, pôr em prática a chamada Economia Doméstica, para não cairmos em dívidas que com pequenos atos poderiam ser evitadas.
Em tempos bicudos toda ajuda é bem-vinda. Creio piamente na fala do amigo Ricardo Valério, Presidente do Conselho Regional de Economia do Rio Grande de do Norte.

Ibama

O Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, continua a malhar em ferro gélido. Nesta, segundo 31 de julho, pediu novamente a prisão e perda de mandato do senador Aécio Neves (PSDB). O Janot parece desconhecer a Lei n. 9.605, em seu Artigo 29: Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, estará cometendo crime ambiente.
Portanto, para engaiolar o tucano, não deve o Procurador solicitar autorização ao Supremo e sim, ao IBAMA.

Impostos

O Governo vampiresco do Sarnento, através do Ministro da Fazenda, Henrique Meirelle, sinaliza com a possibilidade de utilizar a velha e degenerada fórmula de cobrir o rombo do déficit de R$ 20 bi com aumento de impostos. Não precisamos dizer do efeito cascata provocado pelo aumento dos combustíveis. Dá-lhe temer!

Energia

Não há luz no fim do túnel, se houver certamente estará apagada. O governo decidiu aumentar a conta de energia, não enter em choque, é apenas temer pagando a conta do impeachment e a sustentabilidade do seu cargo.

 

0

O Peru de Patrícia

O ser humano é mesmo surpreendente. Quando vi pela primeira vez uma foto, na revista Cruzeiro ou Manchete, lá pelos anos 70 – não vou estressar e tensionar minha fina memória -, de uma figura com os olhos “esbrugalhados”, o bigode desafiando a gravidade disse a mim mesmo, esse cara é louco, em seguida comecei a degustar a matéria, deparei-me com outras imagens tão ou mais desconcertantes quanto a primeira, eram seus quadros com objetos retorcidos, derretidos, não tive dúvidas, confirmei minha suspeita: esse cara é louquinho da silva.

Mas, os artistas são loucos, como diz o Astor Piazzolla na sua Balada Para Um Louco:

“Ah! ah! ah! Você ri… você ri porque só agora você me viu.
Mas eu flerto com os manequins,
o semáforo da esquina me abre três luzes celestes.
E as rosas da florista estão apaixonadas por mim, juro,
vem, vem, vamos passear. E assim dançando, quase voando eu…”

São todos loucos, muito loucos. E, nos surpreendem a cada momento, quando menos se espera, estão nos mostrando que ainda existe algo a ser feito, como Chico e sua “Tua Cantiga”, que bela surpresa.

Sem mais nem menos folheando, aliás, navegando tropecei numa moldura onde uma figura parecendo querer furar os olhos com seu bigode, descia as escadarias do metrô parisiense, sendo puxando por seu bichinho de estimação, um faceiro tamanduá Bandeira, nada mais “comum” a excentricidade aos artistas, se não fosse ela protagonizada por Salvador Dali que, a elevou ao quadrado. A cena devolveu-me aos bons anos 70, quando saíamos uma turma de meninos com gaiolas e alçapões para pegar passarinhos, todos sonhando com um Golinha, Azulão, e, meu irmão De Assis, meteu no “quengo” de achar um ninho de Urubu com filhote para ele criar, o quê foi reprovado com veemência por nós e Dona Geralda, minha mãe. Meu irmão não se tornou artista, é certo, mas é um eletricista de mão cheia e torcedor daquele time (não sei pronunciar o nome, Deus me livre três vezes) que tem como casa um ninho dessa ave.

Depois de cinquenta e lá vão fumaças, com os olhos cansados de ver todo tipo de imagem e histórias nas redações de jornais por onde passei, acreditei que poderia não me surpreender com mais nada. Qual o quê! Hoje cedinho, ainda debaixo dos lençóis pedi para Maria desligar a tv, sair do Globo Rural, pois ela não era fazendeira nem nada, ela disse que o grugrulejar que invadia nosso quarto era do bichinho de estimação de Patrícia nossa vizinha, uma bela ave Meleagris, isto é, um pomposo e bem cuidado peru.

Em pleno bairro de Petrópolis, acordar ao canto de ocelado peru, claro, não fiquei mais espantado que os transeuntes de Paris ao ver Dali e seu tamanduá.

0

Propinoluz

A Cidade do Sol potiguar, virou “Cidade Luz”, não pela mesma razão ou talvez sim, da bela Paris. A cidade do Liberté, Egalité, Fraternité, ganhou carinhosamente a denominação de “Cidade Luz”, por causa das mentes brilhantes que eram atraídas a beberem água do Rio Sena, na bela capital francesa. Aqui, na taba, as mentes brilhantes corruptas bebem no fétido, poluído e maltratado Rio Potengi e também são o motivo da transformação da Cidade do Sol em “Cidade Luz”, numa operação do Ministério Público.

A corrupção iluminou às portas do fundo da Prefeitura de Natal. Um dos secretários mais importantes da administração passada de Carlos Eduardo, agora, Presidente da Câmara Municipal de Natal, Raniere Barbosa, teve seu gabinete vasculhado, documentos apreendidos e afastamento solicitado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte, por suspeita de corrupção, na Operação “Cidade Luz”, que investiga o desvio de R$ 22.030.046,06 da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Natal (Semsur).

Segundo MP/RN, há fortes indícios de superfaturamento e pagamento de propina relativos a contratos firmados entre empresas e a Semsur para a prestação de serviços referentes à manutenção e à decoração do parque de iluminação pública da capital potiguar.

Não há luz no fim do túnel, mas um propinoluz.

0

É Nós, do RN!

 Vingt-Un Rosado Agrônomo/historiador, escritor, pesquisador e editor mossoroense. (Este trabalho faz parte do II Salão Dorian Gray).

Jornalista Lauro da Escóssia, que na época(1927) entrevistou o moribundo cangaceiro Jararaca (Este trabalho faz parte do II Salão Dorian Gray).

Nós, do RN, revista produzida pela Setor de Comunicação Social do Estado em parceria com a Fundação José Augusto, a qual tem a professora Isaura Amélia como chauffeur, nesta edição trás como título O Estado da Arte, onde se permite e a nós, um mergulho no efervescente e caudaloso mundo da arte potiguar, enveredando pelas mais tradicionais e contemporâneas expressões artísticas do povo potiguaras, um banho de arte e cultura ou como se diz lá no sertão de Angicos e na esquina da Cunha da Mota com a Frei Miguelinho, estendendo-se até à Travessa O Mossoroense: tá arretada!

Se fosse a mim, dado o poder – claro, que é delírio, as conexões neurais de minha limitada cacholinha são monofásicas, e, portanto, incapazes de tamanha missão -, de dar uma nota, sem sombra de dúvidas, seria 10, na mesma entonação daquele locutor que profere as notas da comissão julgadora das escolas de sambas do Rio de janeiro, tamanha é sua qualidade gráfica, estética, conteúdo e de sua indiscutível contribuição para o fomento de nossa cultura.

A Nós, do RN, – tirando um metido, no caso euzinho -, dispõe em suas páginas a nata da arte e cultura de nosso estado, e assim sendo, deveria ser reproduzido seu conteúdo todos os dias em jornais, rádios, blogs, redes sociais e, em todo e qualquer veículo de comunicação, inclusive naqueles telefones que a gente fazia de lata de leite ninho, para que mais pessoas pudessem ver o quanto se produz, o quanto se faz arte e se pinta o sete por estas terras. Digo também desta exposição do II Salão Dorian Gary, comemorando os 90 anos da resistência de Mossoró ao bando de Lampião, com 300 trabalhos dos mais variados tipos: Desenhos, Fotografia, Arte Digital, Realismo, Natureza Morta, Fauvismo, Grafismo, Expressionismo, Impressionismo, Surrealismo Cubismo, Assemblagem, Colagem e Abstracionismo. Esta riqueza, por certo também merecia se submeter ao mesmo tratamento de mídia. Calminha aí. Não estou dizendo que não teve e não há mídia: Poderia e pode ter mais e, gratuita.

Ah! Mas “peraí”. Há um entrave: da revista não se pode reproduzir um número de uma página sem uma autorização prévia dos autores e do Departamento Estadual de Imprensa. Ora, não temos muito ou quase nenhum espaço dedicado às manifestações artísticas nos blogs, sites, portais, jornais, rádios e tvs e, ao proibir se inibi a própria divulgação espontânea. Entretanto se fosse incentivada sua reprodução, decerto a revista teria ampliado seu raio de alcance. Acredito até que pudesse gerar expectativa aos próximos números.

Certamente, este “problemeco inexistente” não tira seu brilho, seu vigor. Parabéns, a todos que puseram a mão na massa. Avante!

0

No Fundo dos outros

Políticos não tomam jeito mesmo, ao menor descuido já vão passando a mão no Fundo alheio. Mesmo que fiquemos em guarda, atentos, eles, de uma maneira ou de outra acabam encontrando uma bela desculpa, plausível, para irem sorrateiramente ao Fundo dos outros.

Agora, depois do exemplo da Rosa e do Mister Robinson, quem se apresenta mirando o Fundo dos servidores é nada mais nada menos que prefeito de Natal, Carlos Eduardo(PDT). Que na campanha jurava de pés juntinhos que o pior já teria passado.

Na próxima segunda(13), o “Carlito” irá protocolar na Câmara Municipal um projeto de lei que solicita autorização dos nobres edis para retirar, sob a forma de empréstimo, R$ 190 milhões do Fundo de Previdência do Município. Com promessa de ser pago em 15 anos, o alcaide, põe outro Fundo na reta, desta feita a vítima é o FPM – Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que será o garantidor. Tirar dinheiro do Fundo dos outros é refresco.

Bufão

Em todo reino que se preze há de ter um bom e proativo bufão. No reino tupiniquim não seria diferente, aliás, para fugir à regra, aqui é diferente sim: o bufão é o mesmo que se julga rei.

O “sois rei”, depois de entregar esfregão e fogão às “bela, recatada e do lar”, volta atrás diz que não vai permitir preconceito contra a mulherada. Bota bobo nisso!

Viúvas

As viúvas do Cunha, começam a “empulhar o processo” e chamar a atenção do submundo do Congresso Nacional, além dos espelhos d’águas. As trocas de afagos com porrete de Pau-ferro entre os deputados e senadores do PMDB estão sendo ouvindo, sob o lençol, lá no Jaburu.

O arranca-rabo no partido PMDB, entre suas facções, tem como causa, o de sempre: a divisão da pilhagem.

Os “mininus” se engalfinham pela divisão do Fundo Partidário, pois certos estão, que o poço parou de jorrar. Os senadores dizem que os deputados da tropa de choque do Cunhão, já estão bem posicionado no Governo do “micha”, e portanto, tem mais visibilidade. Por outro lado as viuvetas, temem perder seus quinhões. A direção nacional do partido está sob a guarda do senador Romero Jucá e a tesouraria ao cuidados do “índio, isto é, do presidente do Senado, Eunício Oliveira.

Frase

“Foi uma missão de êxito”, governador Robinson Faria sobre viagem à China

0

Cara feia

Os magistrados da taba, andam de cara feia por causa da decisão concedida pelo Supremo ao Executivo Estadual, autorizando deduzir as diferenças nos repasses dos duodécimos.

O STF, criticou o acúmulo de verbas pelo Tribunal de Justiça do Estado. De sobras orçamentárias o Tribunal possui R$ 270 milhões em caixa. Com as burras esborrotando, os desembargadores potiguares não pretendem entregar o “ouro” tão fácil, estão se pintando para guerra.

Nesta pendenga, o Robinson pode ter ganho a batalha, mas não a guerra.

Tornozeleira

Coisas do Brasil. Um apenado que usava uma tornozeleira eletrônica,  na cidade de Itajá/ RN, para dar uma “melada” na vigilância, retirou o trambolho do calcanhar e pôs em das patas de um jumento. Assim, ele poderia sair para “trabalhar”, enquanto a Justiça monitorava um burro.

Cunhão

Apesar de estar vendo o sol nascer quadrado, o ex-deputado Eduardo Cunha continua firme e forte. Em jantar, o senador Renan Calheiros(PMDB/AL) reclama da influência do preso Eduardo nas nomeações feitas pelo presidente temer, insinua que o Cunhão estaria chantageando o “anão”: “Essa gente vai avançar sobre o partido”.

Lista

“Se for me preocupar, não faço mais nada”, diz temer sobre lista de Janot.

0

Câmara aumenta cargos de confiança para deputados

 

Promessa é dívida, e dívida de campanha político não paga, certo? Errado! Paga sim! Pelo menos entre eles.

Enquanto “Coxinhas e Petralhas” mostram os dentes e garras, uns contra os outros nas redes sociais, na calada, sem fazer barulho e muito “manso”, o Presidente da Câmara, o deputado Rodrigo Maia(DEM/RJ), fará mudanças na estrutura administrativa da Casa, para pagar sua dívida de campanha à Presidência.

O Maia, vai criar entre 200 e 300 novos cargos de assessores para aos deputados e ampliar as vagas destinadas às lideranças partidárias.

Previdência

Quando, a então governadora Rosalba Ciarlini, usou o maçarico para abrir o cofre da Previdência do servidor estadual, em seu último mês de governo, deu o mote para o próximo governador.

Sem se fazer de rogado, o Robinson Faria foi ao Fundo dos servidores com uma sede de anteontem. Agora, sem constrangimento nenhum, “convida” o funcionalismo público a pagar uma conta, aumentando os descontos da previdência de 11% para 14%. Isso pode Arnaldo?

Carnaval

Aqui, abaixo do equador, onde Judas perdeu as botinas, este país abençoado por Jeová e bonito por natureza, se permite a ter um sentimento de nação apenas em Copa do Mundo e no reinado de Momo. Nestes períodos o povo se abraça, se beija e só não vai atrás do trio elétrico quem já morreu. Mas, após o carnaval vem a realidade: servidores com salários atrasados, hospitais paralisados outros fechados…

Impostos

Lenta e gradativa, parte da classe política, má intencionada, aumenta a dose analgésica na população, que deita-se e rumina, para aplaudir as peripécias do governo golpista do Temer.
O michel avisa que para fechar meta, o governo reavalia elevar impostos.

Frase:

“há uma diferença entre quem recebeu recursos de caixa dois” e quem “obteve recursos para enriquecimento pessoal, crime puro e simples de corrupção”. Fernando Henrique Cardoso.