Assaltos

impunidade

Bom entendedor

O deputado estadual Jacó Jácome(PSD) murchou frente ao desdém do governador Robinson Farias (PSD) e retirou sua candidatura a prefeito de Natal. Robinson havia afirmada semana passada, só participaria das eleições municipais apenas no segundo turno, numa clara falta de motivação e de confiança no candidato do seu partido. O deputado, em uma carta aberta, choramingou da falta de “respostas claras”. Mais claro do que as palavras do governador? Para bom entendedor meia palavra basta.

Réu

A Justiça Federal de Brasília, acatou a denúncia contra o ex-ministro do Turismo de Dilma e do Governo Interino do Michel Temer, Henrique Eduardo Alves por improbidade administrativa. Segundo o Ministério Público Federal há indícios de enriquecimento ilícito.

O processo teria sido parado logo após o ex-deputado apresentar, como defesa, um recurso indicando à prescrição da acusação e questionava a legalidade das provas. O juiz do caso afirmou que o tempo começou a contar a partir do último dia de mandato. O imbróglio se arrasta desde 2004. Segue o cortejo.

Cláusula

O senador Aécio Neves, presidente do PSDB, depois de encontro com Michel Temer, pretender criar no Congresso Nacional uma comissão especial para facilitar a discussão e tramitação de mais dois penduricalhos da falseada “reforma política: o fim das coligações proporcionais e o restabelecimento da cláusula de barreira.

O senador foi contra o fim das doações empresariais. Segundo analistas esta é uma manobra para abocanhar dos partidos pequenos o fundo partidário e o tempo de televisão.

Coligação

O PT de Mossoró, desistiu de sacrificar o professor Luiz Carlos, atual vice-prefeito e voltou atrás na intenção de lança-lo candidato a prefeito. Acabou por se coligar com PCdoB, que terá o publicitário Gutemberg Dias candidato a prefeito e como vice Rayane Andrade, integrante da Juventude do PT. A homologação será neste sábado(30). Desta maneira o PT pode garantir um ou mais vereador, na próxima legislatura , o próprio Luiz Carlos pode ser um deles.

Frase

“Os outros partidos não querem o prefeito, mas fazem parte da base e fazem o que o prefeito manda. Isso é o que? Isso é mensalão. É preciso acabar com a hipocrisia que isso só existia lá em cima”. Fernando Lucena(PT).

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *